Despedida

Eu odeio despedidas. Desde aquelas que você precisa, àquelas que você não tem escolha. Ironicamente, pela primeira vez quem decidiu se despedir fui eu… Pensei, pensei, pensei. Conversei com algumas pessoas e achei que chegou a hora de dizer tchau pro Tá bom, vai - AAAAAAAAHHH!!!

A verdade é que a vida deu um giro surreal, mal consigo atualizar minha família sobre mim, muito menos atualizar aqui sobre o que vejo por aí. Estar em Londres é viver o maior sonho da vida, mas também viver a realidade de muita coisa que a gente vê nessa web louca. Ouso dizer que estar aqui é estar no melhor dos blogs, tumblrs e afins. A diferença é que não dá pra fechar a janela, senão é perda na certa.

Brinco que Londres é o dia mais longo da minha vida. Quem que dorme, Brasil?! Eu não! E, olha, nem arrependo. Tudo mexe comigo: pessoas, lugares, histórias, sons, comidas e sei lá o que mais. Por essas e outras, sei que agora não é a melhor hora pra eu manter isso aqui, que sempre cuidei com o maior carinho. Também, não faz sentido “abandonar”, por isso proponho uma despedida – feliz, é claro!

Vamos soltar o drama agora? Um, dois e DJÁ!

Tenho maior orgulho de quase tudo que rolou por aqui. De 7 visitas, chegamos a 700 em um dia (UHU!). De um desafio feito por um amigo, isso virou meu emprego em certas fases. De comentários da “galera”, sorri também com os “desconhecidos”. Sem contar o quanto eu me motivei a dividir coisas especiais por aqui. Falei pouco de mim, mas não aguentava esperar a hora de chegar em casa pra escrever sobre momentos surreais, coisas bacanas que vi ou, simplesmente, postar com a maior felicidade as imagens da segunda e da sexta-feira – o que gerou até um movimento parecido por aí #FALOMEMO! =)

Eu sempre tirei sarro de quem tinha blog – e ainda tiro! Hoje até profissão virou, too much information pra mim. Mas a internet (ou quem faz uso dela?) anda bem hipócrita esses dias e não nego que me deu uma canseira também! TEMOS que estar nos lugares, TEMOS que usar o que todo mundo usa, TEMOS, TEMOS, TEMOZzZzz. Cada um é feliz do jeito que quer, mas não pode falar porque é se exibir. Acho que nunca idealizei tanto ser offline na minha vida – então FICADICA (palavras de uma nerd!)!

Mas tem MUITA coisa boa por aí, sim. Continuo seguindo sei lá quantos blogs (quando consigo) e me admiro em ver que, mesmo paradão, o Tá bom, vai ainda recebe visitas. É muito bom o sentimento, por isso mesmo que optei por fechar o ciclo e – ÓBVIO – garantir que tudo vai ficar aqui como sempre. Isso é um arquivo pessoal que eu tenho o maior prazer em compartilhar com quem estiver aí afim de ver. Até atualizei o blogroll aqui do lado pra garantir o passeio de vez em quando!

Chegou a hora do cliché que funciona e vem cheio de verdade: OBRIGADA, né! Pra quem veio sempre a força ou caiu de pára-quedas. Pra quem colocou email no subscribe ou indicou pros amigos. Pra quem chegou até o final desse texto ahahaha …Enfim, OBRIGADA. MESMO!

A gente se encontra por aí!

Pra finalizar, uma das coisas que eu descobri ultimamente é que…

Well, hello… Everyday can be FRIDAY!

Felicidade, gente! Por favor!

Um beijo,
Ju Casemiro

abril 15, 2011 at 11:07 am 10 comentários

Violet

Essa semana eu me deparei com essa montagem e achei demais! Fiquei pensando que, talvez, não temos como substituir esses olhos nos dias de hoje. O que é uma pena, né…

E, exatamente hoje, o único olho violeta se fechou. Fiquei triste…. Desde pequena eu piro nela! Mas, não sei explicar, sinto que ela está em boa companhia…

Rest in Piece.

março 23, 2011 at 8:39 pm 1 comentário

Arrepio

Jamais esperaria dizer isso, mas pela primeira vez na vida, o Twitter realmente mexeu comigo.

Arrepiei muito no final, mas não conto quando. Descobre aí:

Ciao, Paolo!

março 21, 2011 at 3:09 pm 1 comentário

Daydreamin’

Não sei se sou eu, se é a primavera chegando do lado de cá… Não sei!

Só sei que estou enlouquecendo me apaixonando por todos esses vídeos ultimamente:

Mulberry Spring Summer 2011. Play play play:

E as bolsas? E a trilha? E as cores? E o porquinho? Ahhhhhh!!!!

março 20, 2011 at 9:32 am Deixe um comentário

Japão

De toda a tristeza relacionada ao Japão esses dias, uma mensagem ganhou meu sorriso fácil:

Amo Paul Smith, ainda mais depois disso!

Se todas as pessoas soubessem usar as palavras assim…

março 16, 2011 at 10:54 am 2 comentários

Trilha

And the Oscar should have gone to Florence Welch and A.R. Rahman.

Highlight da noite, pelamor!!!

fevereiro 28, 2011 at 12:08 pm Deixe um comentário

Ontem

Anne Hathaway, a noite foi sua. Meu futuro marido James permitiu isso facilmente e eu sigo te amando…

Mas, de verdade, a única coisa que tenho para falar do Oscar é isso:

Até ano que vem!

fevereiro 28, 2011 at 11:56 am 4 comentários

Posts antigos


Oi, tudo bem?

Ju Casemiro. Publicitária. Curiosa. Preguiçosa. Dramática. E com algumas qualidades também! =)


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.